Siga-me no Pinterest!

sábado, 26 de novembro de 2016

4 Formas de reformar o guarda roupa gastando pouco e com estilo


Aproveitando o fim de ano, algumas mudanças internas minhas e a necessidade de encontrar um estilo que tenha mais a ver com o meu atual momento, resolvi mergulhar no meu guarda roupa e sai de lá com uma caixa cheia de roupas, sapatos e acessórios que já não tinham absolutamente nada a ver comigo.
É um ótimo exercício fazer isso de vez em quando, tanto como autodescoberta de uma nova versão de si mesmo, como também,  para recuperar aquelas pecinhas que podem ter salvação se utilizarmos a criatividade!!!
 Então se você também quer encontrar essa nova versão de você, revire seu armário e veja o que ainda gosta, o que vale apena reformar e o que pode ser trocado ou vendido.
Te garanto que depois dessas dicas você nunca mais diga que não tinha roupa para sair!


1- Brechós

Quem está sempre antenado nas tendências de moda ou simplesmente acompanha o que está em alta, sabe muito bem que a moda está sempre em constante movimento, e aquelas peças da época da vovó ou de quando você ainda era criança podem muito bem voltar, e aí nada melhor do que "garimpar" em brechós.
Isso mesmo, brechós! Neles você consegue encontrar acessórios de várias épocas, estilos e tamanhos, mas para isso é preciso ter disposição para procurar bem, mas bem mesmo. E quem sabe no final, ainda encontre aquela peça que com certeza é a sua cara e só estava lá esperando você chegar ao final da pilha de roupas e levá-la para casa?
Em sua maioria, são peças que não são encontradas em lojas convencionais e por isso, dificilmente verá alguém vestido igual a você, podendo customizar ou  fazer alguns ajustes.
Nessas mesmas lojas, você também pode se desfazer dos seus desapegos, até porque como minha mãe sempre disse "Para roupas entrarem, algumas tem que sair!". Confesso que essa frase nunca me fez tanto sentido quanto agora.

Obs.: A melhor parte são os preços e a variedade de peças de épocas diferentes!





2- Grupos de trocas

Sempre existem aquelas pessoas que assim como você, também têm alguma pecinha jogada no armário. Mãe, irmã (para quem tem rs), primas, amigas, quem sabe elas também não gostariam de trocar algo? 
Uma outra boa ideia, são os grupos de troca e desapegos nas redes sociais como o Facebook. Se pesquisar por grupos da sua região, verá que existem vários onde pode vender seus desapegos e encontrar outras coisas do seu agrado!



3- Customização de peças antigas

 Eis que surge no fundo de uma gaveta aquele vestido daquela época de quando estava uns quilinhos a mais e como num passe de mágica ele se torna uma bela blusinha!
 Pois é, customizar peças antigas ou até mesmo reformá-las por completo pode ser uma boa pedida, principalmente para peças de brechó que as vezes estão maiores que o seu número. É uma opção barata se pedir para uma costureira, e melhor ainda se souber costurar.




4- Sites de desapego

Se nenhuma das alternativas anteriores der muito certo, fique calmo(a)! Ainda existem os sites de desapego, que podem ser uma mão na roda se quer encontrar/vender suas roupas rapidamente.
Entre os diversos sites de vendas existentes, o que mais utilizo é o Enjoei. É um site específico para desapego de roupas, sapatos, bolsas, acessórios e afins. Segue o link abaixo.

Enjoei --> Clique aqui

Conheça seu formato de corpo, pesquise tipos de peças que favoreçam e analise seus gostos. Para assim, encontrar o estilo que mais lhe agrada.
Espero que tenham gostado das dicas, em breve volto com as novidades e algumas dicas de customização. E como eu sempre digo, beijocas cheias de glitter prata e até mais!


8 comentários:

  1. Respostas
    1. Oi Jhenifer, tudo bem? Eu meio estabanada exclui seu comentário em vez de responder, mil perdões s2

      Excluir
  2. Respostas
    1. Heeeeello! Thank you for your visite. Follow you too. Kisses s2

      Excluir
  3. Adorei ! Convido-vos a uma espreitadela ao meu blog: www.oteumomentodiamante.blogspot.com . kiss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Catarina, tudo bem? Obrigada pela visita, seguindo de volta. Beijos querida!

      Excluir